Marketing Estrategico
      Palestrantes:


  www.portaldomarketing.com.br/ . . . /Essencia_do_marketing_estrategico.htm

    Portal do Marketing

    A Essência do Marketing Estratégico
    Por Leonardo Hoff dos Santos

    Freqüentemente profissionais liberais e empresas prestadoras de serviços buscam auxílio e suporte na "batalha" para promover-se da melhor forma no mercado e conquistar novos clientes, o que nos motivou a abordar a questão.

    Dentre as principais situações que identificamos, estão a inadequação ou ausência de segmentação, posicionamento e orientação mercadológica - o que também ocorre em inúmeras empresas de segmentos e ramos distintos.

    É justamente a partir da conjunção e sinergia desses três elementos que se pode compor uma situação favorável para buscarmos o sucesso para "nossas" propostas e sua longevidade no mercado - anseios tão difíceis hoje em dia.

    Nossas ofertas ao mercado (produtos, serviços, atendimento, preços, etc), bem como nossos programas de comunicação e relacionamento, precisam ser capazes de traduzir continua e perfeitamente a imagem que desejamos.

    Leonardo Hoff dos Santos é administrador especialista em Marketing pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul - UFRGS - e pós-graduando em Controladoria de Gestão, atua como consultor em Gestão de Negócios e em Gestão Estratégica de Marketing pela Advantage Consultoria, da qual é diretor executivo. Também é um grande incentivador do empreendedorismo responsável. Fonte: Advantage.

    Clique no logo do Portal para ver o artigo na íntegra

  www.portaleducacao.com.br/comunicacao-social/cursos/732/curso-de-marketing-estrategico

    Portal Educação




  www.portalbrasil.net/index.php/colunas/e-estrategia-e-inovacao/item/

    A Essência do Marketing Estratégico
    Written by Leonardo Hoff dos Santos

    Freqüentemente profissionais liberais e empresas prestadoras de serviços buscam auxílio e suporte na "batalha" para promover-se da melhor forma no mercado e conquistar novos clientes, o que nos motivou a abordar a questão.

    Dentre as principais situações que identificamos, estão a inadequação ou ausência de segmentação, posicionamento e orientação mercadológica - o que também ocorre em inúmeras empresas de segmentos e ramos distintos.

    É justamente a partir da conjunção e sinergia desses três elementos que se pode compor uma situação favorável para buscarmos o sucesso para "nossas" propostas e sua longevidade no mercado - anseios tão difíceis hoje em dia.

    Nossas ofertas ao mercado (produtos, serviços, atendimento, preços, etc), bem como nossos programas de comunicação e relacionamento, precisam ser capazes de traduzir continua e perfeitamente a imagem que desejamos.

    Clique no logo do Portal Brasil.net para ver o artigo na íntegra

  www.portalbibliotecario.com.br/index.php?option=com_content

    Portal Bibliotecario

    O marketing que faz a diferença
    Por Administrator

    "Pode-se presumir que sempre haverá necessidade de algum esforço de vendas, mas o objetivo do marketing é tornar a venda supérflua. A meta é conhecer e compreender tão bem o cliente que o produto ou o serviço se adapte a ele e se venda por si. O ideal é que o marketing deixe o cliente pronto para comprar. A partir daí, basta tornar o produto ou o serviço disponível".
    Peter Drucker

    Por Marcelo Miyashita

    Procuro apresentar como o marketing pode ser praticado de modo técnico, planejado, monitorado e mensurado, ou seja, uma visão estruturada dessa atividade que está cada vez mais profissional, mas que ainda carrega estigmas como "marketing é propaganda" ou "marketing só cuida da imagem".

    Sim. Marketing trabalha a imagem da organização e seus produtos. A propaganda é uma ferramenta eficaz na propagação de mensagens, mas, marketing, não é só comercial. É natural que as pessoas tenham esta percepção, afinal é a ponta do iceberg. É o que mais aparece. Só que há mais coisas debaixo d'água, coisas que não são tão visíveis e que fazem o dia-a-dia da prática. Que deve ser assimilada e difundida como filosofia, estruturada e executada com eficácia.

    Praticar marketing é observar e captar informações e movimentos do mercado e, a partir disto, formular a proposta mais vantajosa dentro dos objetivos e propósi tos do negócio. E para formular certo é preciso conhecer o cliente, suas necessidades, seu

    Marcelo Miyashita é consultor e palestrante da Miyashita Consulting. É professor de pós e MBA. Atualmente leciona nas instituições: Cásper Líbero, PUC-SP, Trevisan, Madia, IMES, FGV-EAESP, IBModa e UNIP. http://www.miyashita.com.br/

  www.portalcmc.com.br/mktv12.htm

    Portal CMC

    Marketing Estratégico: A Força Da Marca Coca-cola Company
    Por Thiago Quintella Castro

    Análise das estratégias de marketing da Coca-Cola Co.

    Ao conhecer a história da Coca-cola Company, podemos analisar sob a ótica dos 4p's de marketing, que o invento de John Pemberton, um farmacêutico da cidade de Atlanta (E.U.A.), seria o responsável por imensas transformações na sociedade pós 1886. seu produto foi inicialmente comercializado em uma farmácia, a Jaco's Pharmacy, que colocou um coppo do produto a venda pela quantia de US$ 0,05,preço esse que serviria como instrumento e estratégia de marketing anos depois.

    Candler, adquiriu os direitos do invento por uma quantia ínfima, e a tornou um império. Descobriu formas criativas e brilhantes de apresentar a nova bebida, fazendo assim sua promoção: distribuiu cupons para incentivar as pessoas a experimentarem o produto e abasteceu os farmacêuticos com relógios, balanças e calendários com a marca Coca-Cola. A promoção agressiva funcionou: a marca estava em todos os lugares e as pessoas buscavam cada vez mais o produto.

    Para que sua distribuição fosse realmente eficaz e pudesse assim alcançar novas praças, construiu fábricas nas cidades de Chicago, Dallas e Los Angeles, e percebeu, com a ajuda de um comerciante, que o segredo do sucesso estaria na distribuição do produto em embalagens portáteis que os consumidores pudessem levar a qualquer lugar e contratou carroceiros para fazer a distribuição. Seguido a isso, colocou machines em comércios para a venda exclusiva da Coca-Cola.

    Seu sucesso foi enorme, porém logo começaram a surgir suas principais concorrentes (Pepsi e outras que originaram a famosa guerra das colas) e para combater tal evento, foram elaboradas propagandas massivas dando ênfase à autenticidade da Coca-Cola, sugerindo aos consumidores que exigissem o legítimo e não aceitassem nenhum substituto.

    Assim surge a garrafa "Contour". A embalagem foi escolhida por conta de sua aparência atrativa, design original e pelo fato de, mesmo no escuro ou de olhos vendados, o consumidor poder identificar o produto. Fato esse que rendeu a Coca-Cola Company mais um entre tantos prêmios. A garrafa Contour foi premiada por ser uma marca em si mesma, mesmo sem rótulos, seu formato sugere um produto da indústria que a criou.

    Thiago Quintella Castro: Acadêmico do curso de Administração pela Pontificia Universidade Católica do Rio de Janeiro - PUC-RJ, Membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Gênero; Atua como consultor de marketing e O. S. M., com grande experiência em Administração Empresarial e Financeira; Autor e Criador do site http://gestaocriativa.xpg.com.br

  www.portaldapropaganda.com.br/portal/ . . . mba-em-marketing-estratco-em-parceria

    Portal da Propaganda

    Sky oferece MBA em Marketing Estratégico em parceria com Grupo Educacional UNINTER PDF Imprimir E-mail Ter, 15 de Setembro de 2009 09:15 A Sky fechou parceria com o Grupo Educacional UNINTER e passa a oferecer cursos de pós-graduação à distância. O projeto é voltado para que os assinantes da TV a cabo possam cursar um MBA com aulas em casa. O assinante poderá escolher entre Marketing Estratégico e Gestão e Direito Ambiental e as inscrições ocorrem até dia 25 deste mês. As aulas do MBA serão dadas uma vez por semana durante duas horas através dos estúdios do Grupo UNINTER, em Curitiba. Para quem perder aula, haverá a opção de assistir pela Internet. A avaliação terá que ser pessoalmente e, para facilitar, o aluno poderá se dirigir ao Polo de Apoio Presencial UNINTER mais próximo. Serviço Pós-Graduação Sem Sair de Casa – Grupo UNINTER e SKY Cursos disponíveis: MBA Marketing Estratégico e MBA Gestão e Direito Ambiental Informações: www.grupouninter.com.br/sky ou 0800 704 1234

  www.portalquartopoder.com.br/noticia_social.

    Portal Quarto Poder

    *Clique na foto para ampliar. III Encontro de Negócios em Marketing Estratégico Acontece neste sábado (31), durante todo o dia, no campus da FTC Feira, a terceira edição do Encontro de Negócios da Pós-graduação em Marketing Estratégico. O evento, que será gratuito e aberto ao público, possibilita aos alunos do curso a apresentação de planos de negócios de empresas para um público formado por professores, ex-alunos do MBA em Marketing Estratégico, alunos e egressos da graduação do curso de Administração, além de empresários. O III Encontro de Negócios faz parte do projeto da disciplina Marketing de Relacionamento, ministrada pelo professor André Magalhães, responsável pela organização da atividade, juntamente com o professor André Kaercher, coordenador do curso de Pós-graduação em Marketing Estratégico O curso de Pós-graduação em Marketing Estratégico da FTC/FSA está com inscrições abertas para a sua quinta turma. As aulas deverão ser iniciadas no dia 27 de agosto. Fonte: Assessoria de Comunicação, FTC/FSA

  www.portaldasjoias.com.br/. . . /Marketing_Vendas.htm

    Portal das Jóias

    O termo “CRM”, sigla para Custom Relationship Management – ou gerenciamento de relacionamento com clientes, adaptado no Brasil para “marketing de relacionamento” - era inicialmente um conceito atribuído à equipe de vendas. Não há um consenso sobre uma autoria única da idéia de CRM, nem tampouco uma única vertente que inclua todas as variáveis que foram surgindo. Vários autores publicaram artigos buscando esclarecer o verdadeiro significado de CRM, que durante muito tempo foi considerado “apenas” mais uma ferramenta de marketing (BROWN, 2001; DYCHE, 2003; GORDON, 2001b; HUGHES, 2002). Ao invés disto, o CRM foi se desdobrando e se desenvolvendo a medida em que o mercado, as empresas e o perfil do consumidor foram se modificando. Segundo McKenna (1992), o relacionamento com o cliente é uma das principais vantagens competitivas sustentáveis possíveis de se construir por uma empresa.

    Para muitas organizações, o Marketing de Relacionamento é algo que envolve estratégia, implantação de tecnologia de informação (TI), softwares, treinamento, muitas vezes advindos de consultorias especializadas, mão de obra, tempo e capital. A maioria destes recursos dificilmente estará disponível para pequenos núcleos empresariais ou profissionais autônomos. Como então tirar proveito de uma idéia valiosa – senão indispensável – dada a escassez relativa de recursos e a necessidade de soluções eficazes?

    Ao contrário de retorno publicitário e capital, por exemplo, o relacionamento com os clientes é algo difícil de ser mensurado. Apesar de envolver elementos que podem ser mais visíveis, ou até quantificados: qualidade de produtos, política de trocas, prazos de entrega, facilidades de pagamento – envolve também aspectos mais sutis que permeiam a relação fornecedor x cliente: padrões éticos, adequação de produtos (ou customização) voltados para determinado cliente (ou grupos de clientes), harmonia nas relações, antecipação de anseios.

    A dificuldade começa já mesmo na construção deste relacionamento, uma vez que elementos como fidelidade e confiança são os pilares que sustentam uma relação em que não há garantias de continuidade. A diferença talvez possa ficar mais visível se compararmos o marketing estratégico com o marketing de relacionamento.

    No marketing estratégico, o objetivo principal é a venda, e o caminho passa pela construção de marcas fortes, muitas vezes líderes em seus segmentos de mercado. Essas vendas são efetuadas na maioria das vezes para consumidores anônimos, classificados por targets, ou segmentos-alvo, que podem ou não se tornar fiéis.

    Mesmo contando com canais de diálogo com o cliente, o foco primeiro é a efetivação de operações comerciais, fixação da marca e aumento do número de clientes. A mídia de massa passa a ser de extrema importância, uma vez que as relações da empresa são focadas em um grande mercado, ao invés de um pequeno perfil de consumidores.

    Fontes: BROWN, DYCHE, GORDON, HUGHES, MCKENNA, VIVARA, EM REVISTA, AMSTERDAM SAUER.
    Fale com Cozete: sinhazinha@sinhazinha.t5.com.br

  www.portaldebranding.com/v1/?p=1050

    Portal de Branding




  www.portalanchieta.com.br/portal/graduacao/cursos/marketing/

    Portal Anchieta




  www.portaldapropaganda.com.br/portal/propaganda/

    Portal da Propaganda

    ESPM-RS lança pós-graduação em Marketing Estratégico em Caxias do Sul

    A Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-RS) está lançando seu pós-graduação em Marketing Estratégico em Caxias do Sul (RS). O curso está com inscrições abertas e começará em 31 de agosto, com aulas no hotel Blue Tree, na cidade. O pós, que visa qualificar os profissionais da área para gerenciar com criatividade, inovação e raciocínio estratégico o marketing nas organizações, é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC), terá duração de 1,5 ano , e a seleção acontecerá via entrevista e análise de currículo. "É o primeiro pós deste nível na Serra Gaúcha. Caxias do Sul foi o município escolhido por estar em uma região estratégica, por ser economicamente muito importante e ter uma demanda bastante significativa por profissionais qualificados", aponta o coordenador das áreas de Relacionamento e Corporativa da ESPM-RS, Flávio Martins.

      Páginas Inter-Relacionadas:
     
      Estados:
      Sites Inter-Relacionados a Nível Nacional :
Final